Cartografia Escolar

A cartografia da sala de aula

Ensine seu filho a ler um mapa

Alguns subsídios para quem deseja ensinar leitura de mapas para crianças.

Ensinando a ler um mapa

Tradução pura e simples de: http://www.teachkidshow.com/teach-your-child-how-to-read-a-map/

Crianças adoram mapas. A habilidade de ler um mapa é algo importante para elas. Há uma sensação de aventura quando viajamos com a ajuda de um mapa! Ensinar o seu filho ou seu aluno, individualmente, a ler um mapa sempre será uma tarefa gratificante.

Os mapas têm sido uma das ferramentas mais úteis na existência humana.Saber como chegar a um lugar sempre foi importante. Exploradores traçaram seus caminhos e conquistaram novos territórios utilizando mapas. E é claro que os piratas encontraram seus baús de tesouro enterrados com a ajuda de um mapa do tesouro!

Tome um tempo para ensinar seu filho a ler um mapa apenas quando ele estiver pronto, assim você estará dando a ele um início de uma habilidade importante para sua vida.

Pré-escola

As crianças mais novas vão se preparando aos poucos para ler mapas. Elas por exemplo vão se familiarizando com palavras direcionais utilizadas pelos adultos na conversação diária.

 Palavras e frases como: acima e abaixo, à direita e à esquerda, mais longe e mais perto, aqui e ali, podem ajudar seu filho com o conceito de localização.

Olhando para o céu à noite também ajuda. Ver o céu e a lua irá mostrar às crianças que algumas coisas estão muito longe. A relação entre o sol e a terra pode ser demonstrada por meio da observação do dia e da noite bem como da variação do tempo.

As crianças muito jovens não têm a capacidade de compreender a natureza simbólica de um mapa, mas eles sabem instintivamente que o mundo é grande e o céu é maior ainda. Com o tempo eles vão mostrar interesse em mapas quando outras pessoas os estiverem usando.

Principais pontos a abordar:

  • Use palavras direcionais na vida cotidiana.

  • Deixe o seu filho observar as estrelas, a lua, e o movimento do sol.

  • As crianças pequenas pensam concretamente e terão inicialmente dificuldades com os mapas, com a representação de uma área.

Primeiros anos do ensino fundamental

Crianças em idade escolar podem começar a ler mapas simples em cerca de 7 ou 8 anos. Porque o pensamento abstrato não emerge até essa idade, é bastante difícil de transmitir o conceito de representação de lugares reais em papel liso com diagramas e símbolos.

Uma das melhores maneiras de introduzir a leitura do mapa é criar um mapa de uma área familiar em conjunto. Você pode querer mapear seu quintal, um pequeno parque ou no quarto do seu filho. Manter as coisas simples e não ser exigente sobre a falta de proporção e perspectiva é melhor.

Cada mapa precisa de uma chave ou legenda. Criando símbolos que se pareçam com os objetos da área que você está mapeando vai ajudar seu filho a fazer o salto conceitual. Por exemplo: o símbolo de um balanço poderia ser um balanço pequeno desenhado.

Este é um bom momento para introduzir a “bússola” que indica o Norte, as direções Sul, Leste e Oeste. Você pode ajudá-lo a compreender isso, seguindo a trajetória do sol do nascer ao ocaso.

Você pode mostrar um mapa com alguns componentes de um mapa físico. Este é um bom momento para introduzir outros mapas simples, tais como mapas de um edifício, shopping de bairro ou escola.

Alunos da terceira série tem as habilidades para compreender mapas mais complexos, tais como mapas mundiais, mapas rodoviários e de paisagem ou mapas físicos. Mapas políticos também podem ser introduzidos, mas a idéia de “países” ainda é nebuloso, a menos que sua família seja bem viajada. A ideia de continentes é bastante fácil de compreender, com o auxílio de um globo.

Você pode encontrar mapas de parques e paradas de viagem. Passe algum tempo a encontrar onde você está e onde você está indo. Trace a rota que irá tomar. Seu filho provavelmente vai ficar fascinado.

Principais pontos a abordar:

  • Leitura de um mapa requer a capacidade de pensar abstratamente, que ocorre entre as idades de 7 a 9.

  • Introduzir mapas, confeccionando-os com seu filho a partir de uma área familiar

  • Use símbolos simples para fazer uma legenda.

  • Tire algum tempo para consultar mapas enquanto você viaja.

Últimos anos do ensino fundamental

As crianças mais velhas da escola geralmente amam mapas e estão ansiosos para usá-los. Eles também podem compreender as direções Norte Leste, Noroeste, Sudeste e Sudoeste.

Ao caminhar, encontrar um guia de trilha e planeje a sua viagem com ele. Enquanto estiver de férias, traçar a rota que irá tomar a partir de um lugar para o outro. Se vai visitar alguém, encontrar primeiro o local em que estará indo em um mapa.

Crianças desta idade pode começar a entender uma escala de milhas ou quilômetros.Este também é um conceito abstrato que virá gradualmente com o uso.

Plantas são mapas também. Eles dão ao seu filho a chance de tentar entender o projeto da estrutura de um quarto, de uma casa, ou outro qualquer. Muitos arquitetos famosos começaram a criar planos ainda na juventude! Você pode desenhar uma grade ou use papel quadriculado.Mostre-lhes como usar uma unidade para representar uma determinada distância, por exemplo: uma unidade da rede quadriculada é igual a dois metros. Uma régua pode ajudar a manter suas linhas retas.

Seu filho pode querer criar um mapa para esconder ou caçar um tesouro. Escondendo “tesouro” ele pode criar um mapa para que amigos e família tentem encontrá-lo.  Será uma experiência memorável para ele.

Leitura de mapas é divertido e algo que a família inteira pode aprender a fazer. Comece pequeno e simples para evitar frustração. Como o passar dos anos isso vai se tornar uma habilidade de seu filho vai ter orgulho de possuir.

Pontos principais de abordar:

  • Planeje suas férias ou uma caminhada com o auxílio de um mapa. Deixe seu filho ajudar.

  • Introduzir uma escala de distância, mas vá devagar.

  • Andar sobre planos desenhados em papel quadriculado é divertidos.

  • Seu filho pode querer desenhar um mapa para uma caça ao tesouro.

  • Aprender a ler e usar mapas é um processo. Tenha paciência!

Recursos:
Recursos que podem ajudar você na sua empresa incluem:

==================================================================================

Abaixo, mini entrevista com Richard Panchyk sobre a iniciação à interpretação e confecção de mapas:

Mapas e cartas náuticas não estiveram sempre disponíveis para as crianças. Por muitos séculos, atlas eram encontrados principalmente nas prateleiras de bibliotecas e só ricos os possuíam, diz Richard Panchyk, autor de “Mapeando o Mundo: Geografia e Mapas de pinturas rupestres até GPS” (Chicago Review Press).

Além de explorar a história colorida e profunda da cartografia, em seu livro Panchyk inclui muitas outras atividades conexas, incluindo como fazer um mapa do tesouro e criar uma carta náutica de uma poça.

O livro de Panchyk  ajuda a iniciar as crianças no mundo divertido e complicado de mapas e da cartografia náutica. Para ele, os mapas são mais do que diagramas de regiões e terras, são janelas para a história diversificada do mundo, culturas e tecnologia.

Q: O que as crianças aprendem com os mapas?

R: Eles podem aprender não só sobre a geografia física da terra, mas eles podem aprender sobre política, eles podem aprender sobre a cultura, eles podem aprender sobre a população e as doenças e todos os tipos de coisas. Quase tudo pode ser expresso em um mapa, para que as crianças possam aprender muito, só de olhar, decifrar e ler a legenda e à procura de pistas. É isso que faz dos mapas serem assim divertidos. As possibilidades do que pode ser aprendido são infinitas.

Q: Como as famílias podem começar a aprender mais sobre mapas?

A: (As crianças podem) sentar-se com um dos pais, ter um olhar para um mapa e ver o que você pode descobrir o que ele  representa. Estudar o mapa. Obtendo ajuda de um atlas agradável é outra boa maneira de realmente ter uma boa idéia das possibilidades dos mapas, porque os atlas mais detalhados expressaram uma série de diferentes tipos de representações da terra. Eles mostram tudo, desde o número de ovelhas e gado quanto a presença de recursos minerais nas montanhas para produções de automóveis.

Q: O que você diz para as crianças que pensam que os mapas e a geografia são coisas antigas e sem graça?

R: Existem tipos bastante diferentes de mapas que mesmo um miúdo que dizia ‘Eu acho que os mapas são chatos’ iria encontrar alguma coisa. Em meu livro, tento cobrir diferentes tipos de mapas, como mapas do tesouro e mapas de batalha, porque há muitos mapas diferentes, além de seu padrão “, aqui é uma cidade, aqui está uma outra cidade.” Não há limite para o que você pode representar.

Q: É uma questão de a criança encontrar o mapa certo?

A: Eu acho que em um nível muito básico de cada criança deve compreender como ler um mapa. É como aprender a dirigir um carro, uma vez que você (aprender), o tipo de carro que você escolher para dirigir é com você. Eu realmente  creio que para todo o interesse que uma pessoa possa ter lá fora, há um mapa a espera dela – e se ele não está lá ainda, então há um mapa à espera de que uma criança possa para criá-lo.

Q: Como a tecnologia está afetando o que nós aprendemos a partir de mapas de hoje?

A: O que eu explicar para as pessoas é que, enquanto estas tecnologias modernas são grandes, ainda há algo a ser dito sobre a olhar para o mapa de estrada real e saber o que você quer fazer e como quer chegar lá e não deixar o computador decidir você. É muito importante para todas as crianças a continuar a saber como utilizar os mapas em papel físico e lê-los e decifrá-los e, basicamente, usá-los de modo que a habilidade não está perdida.

http://brincandocommapas.blogspot.com.br/2012/07/brincando-com-mapas.html

4 Respostas to “Ensine seu filho a ler um mapa”

  1. stephanie said

    muito bom

  2. Trabalho com entregadores de jornal e é muito difícil para eles entenderem os mapas. Parece que nunca tinham visto mapa antes!

    • mileumlivros said

      Olha só, esse comentário me passou desapercebido. Desculpe.
      Veja, bem Folhadotaquaral, isso é plena verdade. É a minha tese. Nas escolas devemos estudar tanto os mapas de pequenas escalas (e quando estudamos mapas só estudamos esses) quanto os mapas de grandes escalas (esse nunca estudamos). TEMOS QUE ESTUDAR MAPAS DE GRANDES ESCALAS COM OS ALUNOS. Aqueles mapas detalhados, topográficos se possível. Com coordenadas em graus, minutos e segundos. Que ajudem a traçar trilhas, a localizar topograficamente cachoeiras e corredeiras, etc, etc.
      Obrigado por me dar a oportunidade de manifestar essa minha insatisfação quanto ao currículo de Geografia de nossas escolas!
      Eugênio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: