Cartografia Escolar

A cartografia da sala de aula

Fazer mapa com farinha de trigo

Mapa – sal – farinha de trigo

São Paulo em farinha de trigoTocantins farinhaAcre em farinha de trigo

Cartografia Escolar: Apreendendo a valorizar, a fazer e a ensinar a fazer mapas modelados em massa feita com sal e farinha

Eugênio Pacceli da Fonseca (outubro/novembro 2011/ abril,  maio e dezembro  2013)

Reparo que as culturas se interpenetram, mas alguns de seus aspectos ficam como marcas de cada uma, por mais imitáveis que sejam. Não encontro nada no Brasil sobre o modelado do relevo de um país (estado ou região) utilizando a famosa mistura estadunidense sal+farinha+água. Eles há anos usam essa mistura para trabalhos cartográficos com crianças. Os professores desse país, quando tratam do assunto, sempre destacam o gosto que as crianças têm em trabalhar com a mistura; o envolvimento que elas têm com o trabalho, etc. Sempre crianças muito novas. Nunca tive a oportunidade de fazer com alunos meus, pois sempre trabalhei com alunos mais velhos.

Leiam tudo e verão que o trabalho fica quebradiço, daí os “fotoshops” nos mapas acima, principalmente o do estado de São Paulo que rachou-se todo…

                   .

Mapa farinha e sal - Itália cores da Bandeira    .

  esses da Itália são meus – veja abaixo

12912kids_with_3d_salt_dough_maps

12912china_3d_salt_dough_map

Vou divulgar aqui. Vou tentar experimentar a mistura e vou torcer para que nossos colegas que trabalham com faixas etárias mais iniciais aceitem o desafio. Aprenda a fazer passo-a-passo, lá embaixo.

Disse que não encontrei nada em português, mas a honorabilíssima exceção que confirma a regra tem o endereço abaixo:

http://escolamundoencantadors.blogspot.com/2010/06/estudando-sobre-o-relevo-rio-grandense.html

Olhem a graciosa menina gaúcha trabalhando seu mapa (clique para ampliar):

O interessante site da escola do Rio Grande do Sul – Mundo Encantado- traz  até a receita da massa, que seria:

Receita:
4 colheres de farinha de trigo
3 colheres de água
2 colheres de sal
1 colher de vinagre
tinta guache para colorir
.
Observo em sites dos EUA que a receita varia muito, a sabedoria, pelo que li, é não deixá-la muito dura, nem muito mole.
Vou testar várias receitas e digo depois qual delas funcionou melhor.
“Misture 2 xícaras de farinha, 1 chávena de sal e 3/4 de xícara de água.(Adicione um pouco de água de cada vez). Isso deve fazer uma massa muito grossa. Acrescente mais farinha se necessário. Espalhe a massa sobre o mapa você esboçou em papelão ou madeira compensada. Forma montanhas, vales, planícies, etc Você pode mergulhar os dedos levemente em água para suavizar lugares ásperos em massa. Deixe secar e pintar com pó colorido. Este projeto não é para um dia chuvoso porque o sal atrai a umidade e seu mapa é executado. Não se esqueça de uma legenda das cores para as suas formações”.

http://maccallumblog.blogspot.com/2010/03/our-salt-dough-maps-and-recipe.html

No site abaixo, ensinam a fazer a massa e mostram um belo resultado (mapa da Itália e do Japão):

http://www.weirdunsocializedhomeschoolers.com/2008/08/step-by-step-to-making-salt-dough-map.html

Notem que a pintura pode ser com tinta acrílica também. O relevo da França modelado na massa feita com farinha de trigo, sal de cozinha e água ficou muito bonito (um dos que mais me agradou):

 

relevo-da-franc3a7a-modelado-em-sal-farinha-c3a1gua

 

Esse mapa ao lado está nesse site de uma exemplar família católica dos Estados Unidos (que também expõe trabalhos em dioramas que são também de meu interesse):

http://www.faithandfamilyconnections.com/2011/03/homeschool-geography-fair.html

Abaixo uma outra criança fez o mapa da Índia modelado na massa sal-farinha-água:

http://countrygirlathome.blogspot.com/2009/03/homeschool-open-house-our-geography.html

.

Aqui, algumas garotas dos EUA trabalham o mapa do estado do Arkansas, vejam que se trata de alunas de outra faixa etária:

http://mcclungsworld.com/2011/01/05/a-big-salty-doughy-mess-revisited/

.

Aqui a professora   realiza um projeto com a massa sal-farinha-água e os alunos se divertem enquanto trabalham em grupo (mais divertido deve ser fazendo a massa…)

http://mrsmetzgars.blogspot.com/2010/12/5th-grade-salt-dough-map-project.html

Vejam que há um mapa como base para a modelagem…

No site abaixo há uma menininha se divertindo fazendo a massa e o mapa do estado do Alabama:

http://www.squidoo.com/salt-dough-maps

Aqui o mapa do Egito (ficou muito bom na minha opinião):

http://wheremytreasureis.wordpress.com/2010/02/02/learning-together-tuesdays-egypt/

.

.

Eis outro site repleto de imagens de mapas de sal, farinha e água (e que traz também a receita):

http://www.richland.k12.wi.us/res/doudna/hirsbrunner/salt%20maps.htm

E o que dizer dessa imagem?

Assista os filmes:

http://www.youtube.com/watch?v=95CccPVpQjY

http://www.youtube.com/watch?v=o9_6b7zhmmI&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=z2SZHeiCvuw

E aí colega, convencido da utilidade e da facilidade de se trabalhar em Geografia a Cartografia Escolar dos mapas de sal e farinha de trigo?

Que tal praticarmos um pouco?

Então, afinal, como fazer?

1- Pelo que se pode ver nos sites indicados acima, primeiramente, faz-se a base do mapa, que consiste apenas no contorno da área que será mapeada. Faz-se em um papel mais resistente pois a massa úmida será estendida sobre ele. (vou usar fotos da site citado: http://www.squidoo.com/salt-dough-maps

map on base

2- O segundo passo é fazer a massa. A receita mais repetida é

4 copos de farinha de trigo.

2 copos de sal

2 copos de água

salt

É misturar e modelar.

Obs: vá acrescentando a água aos poucos. Se 2 copos de água deixarem a massa dura, acrescente mais um pouco (outro copo, ou meio). Há receitas que indicam utilizar “molho tártaro”. Mas ele pode ser dispensado. Serviria para amaciar a massa e deixá-la menos quebradiça. Um pouco de vinagre faria o mesmo efeito. Mas é também dispensável.

3- Tenha um mapa físico à mão para a modelagem, que pode ser feita de duas maneiras: coloque a massa sobre o mapa e vá ajeitando com a mão os limites de seu mapa, empurrando ou esticando a massa para ficar de acordo com o contorno. A outra maneira é colocando a massa esticada sob o mapa, ou melhor, o mapa por cima. Depois é ir recortando com um estilete (obviamente, não com alunos muito novos), ou mesmo com uma régua (aí sim, alunos novos podem manipulá-la sem problemas), o contorno.

putting on dough

4-O mapa físico indicará onde colocar as montanhas, as serras, as colinas, os lagos, etc. Esses elementos serão feitos com o excesso de massa nas posições corretas. Caso vá localizar cidades e estradas, obviamente, outros mapas da área  terão que ser consultados.

making mountains

5-Depois de modelado é deixar secar para depois pintar, ou com guache ou com tinta acrílica. A secagem antes da pintura pode demorar de um a dois dias (e até mais dependendo do volume da massa nas montanhas, por exemplo).

No caso dos rios, obviamente em azul, faça traços bem finos para que eles fiquem apenas com pequeno exagero.

salt dough (20)

A pintura sempre é um problema: ou pinte como os mapas físicos (o que fica meio artificial), ou como uma imagem de satélite (mais natural). Imagem google mapa de escala semelhante (aproximando ou afastando no mesmo) nos inspirará. Essa última solução é bem mais difícil, apesar de mais indicada, pois dependerá da habilidade artística do autor…

Compare por exemplo o mapinha acima com o de baixo. Claro, o primeiro feito por uma criança muito mais nova.

.

6-Por fim, indique com plaquinhas as formas de relevo que queira destacar, bem como as cidades.

 

3214182753_80f4a136f8_o-1

Há até modelo para as plaquinhas vejam aqui:

http://www.hslaunch.com/mypage/downloader.php?file=userfiles/200/58236811498.pdf&id=1042

.

Veja outros filmes a respeito: http://www.youtube.com/watch?v=95CccPVpQjY

(nesse de cima o rapazinho vai mostrando que fazer o mapa o ensinou muita coisa…)

http://www.youtube.com/watch?NR=1&feature=endscreen&v=z2SZHeiCvuw

Esses são os passos de acordo com o famoso site eHow

http://www.ehow.com/how_5957199_make-salt-map-mixture.html

  • Reúna os seguintes ingredientes para fazer a mistura mapa sal: 1 xícara de sal, 1 xícara de farinha de trigo , 2 / 3 de xícara de água, corante alimentar ou tintas cartaz, papelão pesados (como uma caixa utilizada para transporte ou embalagem).

  • Misture o sal e a farinha em uma tigela até que esteja bem misturado.

  • Adicione a água um pouco de cada vez e mexa. Continue a adicionar a água e mexa até a mistura é a consistência de uma crosta de gelo espesso. Você pode não precisar de usar o copo 03/02 inteiro de água.

  • Adicione o corante se quiser e misture bem. Ou você pode pintar o seu colinas e vales com tintas de cartaz após a mistura de sal seca mapa (veja a receita de tinta poster na seção de recursos deste artigo).

  • Espalhe a mistura em seu mapa de papelão e forma apropriada colinas e vales. Se você estiver fazendo altas serras ou montanhas, fazê-las em camadas e deixar cada camada secar antes de construí-la mais alto.

  • Quando o seu mapa é feito, deixe secar por 1 a 2 dias. Se você fez um monte de morros e montanhas, pode demorar um pouco para secar. Não acelerar o tempo de secagem, colocando-o no forno. Basta deixá-lo secar ao ar.

    Olha o Alaska e o Japão:

Japan

**************

Novamente o Egito:

.

Eis aí  meu primeiro mapa de sal e farinha – Itália (leia impressões que tive abaixo):

Massa conforme receita

 Cobrindo a Itália

Recortando (e empurrando)

Secando

.

.

.

Impressões:

#- Comecei cobrindo primeiro o norte, mas depois resolvi cobrir tudo de uma vez, ajeitando a massa ao mapa. Ou seja, você cobre para além do mapa e depois vai empurrando a massa para dentro.

#- Achei que deveria ter usado mapa maior. Se a intenção é mostrar a variação do relevo, isso é mais verdadeiro ainda. Do tamanho que fiz (olhem a referência da pilha) ficou difícil fazer destacar os Apeninos, por exemplo, ele ficaria muito exagerado.

#- Está custando a secar (24 horas é pouco). Não esqueça: não é atividade apropriada para longas estações chuvosas, pois o sal absorve a umidade do ar e o mapa custa a secar.

#Ao secar a massa perde volume, encolhe, ou seja, o mapa fica significativamente menor que o molde, logo a escala modifica.

# Ao secar o mapa fica duro e até certo ponto resistente. Fica parecendo um biscoito. Dá vontade de comer um pedaço! Na série televisiva “The Middle” os dois filhos homens do casal tentam fazer um mapa desse tipo e sempre acabam comendo o trabalho!

#Considero que pode ser um trabalho de Educação Artística e de Geografia. Está me dando vontade de pintar artisticamente o mapa, colá-lo em uma tela e colocar uma moldura…

#Aconteceu algo curioso. Sem ter onde guardar mapa tão quebradiço, coloquei-o sobre uma estante. Quando fui ver havia suspeitos montículos junto ao mapa que tinha uns furinhos. Deu caruncho! Joguei inseticida. Aí os carunchos morreram. Conclusão: não pode ser guardado por muito tempo, a não ser que seja selado com algum tipo de verniz ou tinta…

Disse que iria pintar e fiz mesmo (demorou mais pintei!):

Mapa farinha e sal - Itália cores da Bandeira 2

Anúncios

28 Respostas to “Fazer mapa com farinha de trigo”

  1. Mônica Madeira said

    Como trabalho com alunos do 1º ano do Curso Normal, utilizarei esta técnica nas aulas de cartografia. O seu site tem sido uma ferramenta maravilhosa para mim!!!

    • mileumlivros said

      Olá, Mônica. Saudações.
      Muito obrigado pelas palavras gentis. Meus parabéns pela empolgação. Continue assim!
      Abraços.
      Eugênio.

  2. Maria Aparecida Freire said

    Olá, adoro fazer maquete com massa de modelar com farinha de trigo. Amanha estou trabalhando com maquetes com meus alunos do 9º ano D e E e na turma de EJA no Colegio estadual Lomanto Junior em Juazeiro BA. Amo meu trabalho e curto muito pesquisar novidades para levar para sala de aula.Seu site é tudo de bom!!!!

    • mileumlivros said

      Olá, novamente, Maria Aparecida. Novas saudações.
      Agradeço de novo e aproveito para parabenizá-la pela empolgação e empenho.
      Continue assim. Fique à vontade para utilizar qualquer material postado aqui.
      Abraços.
      Eugênio Pacceli da Fonseca.

  3. mytsa said

    eu tinha de fazer um trabalho de geografia esse site ajudou muito tenho 11 anos obrigada

  4. Luzinete Santana said

    Adorei as dicas.Adoro trabalhar com maquetes. Vou tentar fazer com meus alunos

  5. Leocárdia Seifert said

    Meu filho teve que apresenta um mapa hidrográfico, não sabiamos o que fazer até vir a idéia da massinha a maquete estáficando muito boa, só falta pintar.

  6. Alex Vitor said

    oi Eugênio gostei muito sou seu aluno Alex 7ano/E

  7. lauriana said

    Ameii isso muito bom esse trabalho… Vai ser bem legal os alunos fazerem os mapas, e uma ideia nova de se aprender (geografia rsrsr) gostei mesmo, que DEUS te capaciti mais ainda voce para nos ajudar aii ao longo da vida UM ABRAÇO… Fica com deus Eugênio(*-*)

  8. Sõnia said

    Olá, Eugênio!
    Parabéns pela iniciativa, é muito bom compartilhar o conhecimento adquirido. Por meio da publicação desse trabalho, vc contribuirá com muita gente.
    Abçs,

  9. joao paulo said

    olá, Eugenio! gostei muito da nova proposta de trabalho q o senhor propôs pra gente!tomara q o senhor tente conseguir uma outra mais bacana ainda para esse ano! ( eu o guilherme ferraz e o matheus faremos com maior carinho) Abraços!!!

  10. robson carlos said

    ola boa tarde. adorei os trabalhos. só tenho uma pergunta. essa massa racha ou quebra fácil quando seca?

    • mileumlivros said

      Olá, Robson. Saudações.
      Sim. Fica parecendo um biscoito mesmo. Bastante quebradiço. Depois de pintado fica um pouco mais resistente. Mas só um pouco. É trabalho que dura pouco tempo..
      Boa Sorte.
      Tudo de bom.
      Eugênio.

  11. roseli baraçal said

    ADOREI FAZER COM MEUS ALUNOS SERVIU MUITO BEM E ALÉM DISSO FIZ O ÓCULOS EM EM 3 D —FICOU PERFEITO A VISUALIZAÇÃO DO PERFIL.

  12. Sabrina said

    Usei sua mistura para fazer Hemacias e plaquetas para minha maquete da faculdade, estou esperando secar e espero que não quebre, mais me ajudou bastante!
    Sucesso!!!

  13. LUZINETE said

    Muito criativo. Parabéns!

  14. LUZINETE said

    QUANTO TEMPO DURA O MAPA?

    • mileumlivros said

      Oh, Luzinete, peço desculpas pelo atraso na resposta. Dura pouco se não tivermos cuidado. Feitos em casa, as vezes, ao levarem os mapas para a escola, para avaliação, alguns chegam quebrados. Se tratados com cuidado duram muito, mas como disse, podem “dar caruncho”. Para evitar isso basta pintá-los com uma tinta látex…
      Obrigado pelo contato.
      Tudo de bom.
      Eugênio.

  15. Andressa Kaliane Lima Santos said

    olá, amei a dica! mas tenho uma pergunta, esse trabalho faz em papelão ou cartaz?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: